Locutor: AUTO DJ
Prog: AUTO das 00:00 ás 23:59

Notícias

políticos devem pedir perdão ao povo brasileiro

  • Tamanho-da-letra
  • menor
  • maior

Candidato do Podemos Alvaro Dias, em visita ao Vale do Aço (Foto: Tathiane Moura/G1) Candidato do Podemos Alvaro Dias, em visita ao Vale do Aço (Foto: Tathiane Moura/G1) Candidato do Podemos Alvaro Dias, em visita ao Vale do Aço (Foto: Tathiane Moura/G1) O candidato à presidência da República, Alvaro Dias (Podemos) cumpriu agenda de campanha na manhã deste sábado (1°) em Ipatinga, no Vale do Aço, região Leste de Minas Gerais. Durante a visita, o candidato afirmou que os políticos do país devem pedir desculpas para à população. “Eu sobrevoei montanhas ricas e vejo um povo pobre nesse país. Eu creio que aqui eu tenho uma fotografia da realidade brasileira, um país de riquezas extraordinárias, um país próspero, com desgovernos que levaram-nos a essa situação de contraste gritantes entre ilhas de fartura, de prosperidade, em meio a um imenso oceano de dificuldades, de pobreza e de miséria, essa é a nossa missão. Os governantes precisam pedir perdão ao povo brasileiro. E nós temos o dever de apresentar ao nosso povo uma bandeira de esperança, dizer à nossa gente que é possível arrumar o Brasil. A casa caiu sim, foi desconstruída, nós precisamos reconstruir, por isso nós chamamos de refundação da república esse conjunto de reformas que recolocará o Brasil nos trilhos do progresso e do desenvolvimento”, afirmou. Em coletiva de imprensa, Dias disse que nunca foi contra o programa Bolsa Família e que, se eleito, vai mantê-lo, mas que pretende fazer algumas reformulações no programa. “Eu nunca fui contra o Bolsa Família, eu fui contra as distorções e roubo. Recentemente, o Ministério Público denunciou o desvio de R$ 2,5 bilhões do Bolsa Família, recurso destinado a 500 mil servidores públicos ligados ideologicamente aos governantes. Então esse não é o bolsa-família que nós queremos. Nós queremos um Bolsa Família que seja investimento e não despesa, a preparação da mão de obra para a inserção no mercado de trabalho. E depois da carteira de trabalho assinada, nós manteremos ainda por dois anos o Bolsa Família, para que esse trabalhador tenha a segurança de que, se eventualmente o seu emprego não der certo, ele não estará na rua da amargura. Portanto essa é a nossa proposta, porque um país pobre, com 52 milhões abaixo da pobreza, não pode abrir mão de programas sociais dessa natureza para socorrer enquanto o governo não oferece oportunidade, porque a melhor forma de combater a pobreza é oferecer oportunidade. E a grande oportunidade é o emprego”, afirmou.

Postado em: 02/09/2018 às 15:00:03

Link desta Noticia:

As Dez Melhores da ProgramaoTOP 10
1
Sei é Bem Assim
Caravana da Benção

2
Agora é Só Bradar
Banda Az7

3
Quando eu Chorar
Banda Sistema C

4
Adore a Ele
Arrasta Crente

5
Festa de Crente
Banda Som e Louvor

6
Te Agradecer
Charles Ben

7
Nova Vida
Helber Oliveira & Forró Abencoado

8
Ele è graça
Banda Ello

9
Pode Chorar
Banda Shalom

10
Forrozeiro Adorador
Forró Fogo e Gloria


Orkut Twitter Facebook You Tube
PUBLICIDADE